Da redação 

segundo-dia-200913-bandab

No total, 13,2 mil trabalhadores cruzam os braços no segundo dia de greve. (Foto: Sindicato dos Bancários)

O segundo dia de greve dos bancários fecha 268 agências na Grande Curitiba. A adesão nesta sexta-feira (20) já superou os números da paralisação do ano passado, que permaneceu em 252. Além dos 13 Centros Administrativos,  200 bancos fecharam as portas na capital e 68 na região metropolitana (RMC). Os bairros com maior índice de paralisação são Centro, Centro Cívico, Bacacheri, Portão, Novo Mundo, Alto da XV e Tarumã.

Na RMC, trabalhadores cruzaram os braços nos municípios de São José dos Pinhais, Araucária, Colombo, Pinhais, Campo Largo, Mandirituba e Rio Negro. No total, são 13,2 mil bancários entraram em greve.

Bancos públicos

Nesta sexta-feira, a greve apresentou  forte adesão dos funcionários da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, com mais de 90% das agências paralisadas em Curitiba e região. “Mais uma vez, os números superaram nossas expectativas. Os bancários estão mostrando o quanto estão insatisfeitos”, destacou Otávio Dias, presidente do sindicato da categoria.

Assembleia

 O Sindicato dos Bancários de Curitiba e região vai realizar assembleia nesta tarde, às 17h, no Espaço Cultural e Esportivo. Os dirigentes e delegados sindicais e os trabalhadores de base devem avaliar o andamento dos dois primeiros dias de greve e planejar os próximos passos do movimento.