O projeto da Lei de Incentivo ao Esporte deve ser encaminhado à Assembleia Legislativa até o próximo mês. O secretario estadual do Esporte, Evandro Rogério Roman, adiantou que alguns ajustes estão sendo feitos para que o documento seja apreciado pelos deputados. Ele participou da audiência pública no Plenarinho da Alep, na manhã desta quarta-feira (8), para discutir propostas de incentivo.

A Comissão de Indústria e Comércio da Assembleia Legislativa promoveu a audiência, que teve a participação do secretário estadual da Fazenda, Luiz Carlos Hauly, e do deputado federal baiano e ex-boxeador Acelino Popó Freitas. “Isso vai ajudar crianças, jovens e vários atletas. Agradeço a oportunidade de vir falar um pouco sobre a minha trajetória e contribuir para reforçar a necessidade de termos leis que ajudem e beneficiem os nossos esportistas”, disse Popó.

Roman explicou que muitos talentos se perdem pela falta de apoio. Ele explicou que a Lei de Incentivo ao Esporte do Paraná incentivará o esporte de alto rendimento, mas não deixará de destinar subsídios ao esporte amador e ao esporte de base. “Temos uma política pública para o esporte e estamos conseguindo fazer muita coisa. A legislação vai amparar parceria com a iniciativa privada, para que possamos executar mais investimentos nesta área, que melhora a saúde e a qualidade de vida da população”, disse o secretário.

A definição dos valores que poderão ser captados será feita no próximo mês. O secretário da Fazenda disse que a proposta é que as empresas possam destinar até 3% do ICMS devido para incentivar o esporte.

A reunião foi proposta pelo deputado estadual André Bueno. Possuem leis estaduais de incentivo ao esporte Acre, Paraíba, Bahia, Mato Grosso, Goiás, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo. “Há pouco tempo, o Paraná não tinha nem a Secretaria do Esporte e hoje a realidade é outra. Agora teremos a lei de incentivo, que vai beneficiar os atletas, paratletas e clubes formadores, sem falar nas melhorias das estruturas físicas para prática do desporto”, comentou o deputado.

A reunião contou com a participação de atletas, representantes de diversas entidades esportivas, além da presidente da Federação Paranaense de Ginástica, Vicélia Ângela Florenzano, do advogado especialista em direito esportivo Heraldo Panhoca, da ginasta olímpica Danielle Hipólito e dos deputados Alceu Maron e Wilson Quinteiro.