A secretária da Administração e da Previdência, Dinorah Botto Portugal Nogara, recebeu na manhã desta terça-feira (26) uma comissão de servidores da Secretaria da Saúde. Os servidores estiveram em Curitiba para uma manifestação realizada nesta data, todos os anos, desde 2007, quando foi implantado, pelo governo anterior, o regime de 40 horas de trabalho semanal.

O retorno das 30 horas foi um dos pedidos apresentados pelos servidores, juntamente com a reivindicação de um plano de carreira próprio para a Saúde. A secretária reafirmou aos servidores o que tinha sido anunciado em reunião no dia 14 de março, que a Secretaria da Saúde encaminhará à Secretaria da Administração e da Previdência um estudo englobando as duas reivindicações. “Aqui vamos discutir o assunto”, disse. “Metade do caminho já foi percorrido.”

Os servidores também pediram a transformação do vale-transporte em auxílio-transporte, com os valores incluídos na folha de pagamento do funcionário. Dinorah Nogara, como havia feito no dia 14, ressaltou que este item envolve servidores de outras secretarias e a análise está praticamente pronta. “Há um tempo de estudo e a responsabilidade de que seja bem feito”, afirmou a secretária.

A direção da Secretaria da Administração e da Previdência volta a se reunir com os servidores até maio para conversar sobre os mesmos assuntos.