Da AEN

A primeira etapa das obras de ampliação do sistema de esgoto de Matinhos e de Pontal do Paraná será concluída em dezembro deste ano, quatro meses antes do cronograma previsto. Segundo o diretor de Investimentos da Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná), João Martinho Cleto Reis Junior, 1.368 imóveis já podem ser ligados à rede coletora.

saneamento

Foto: Sanepar

Técnicos da Sanepar estão fazendo contato com os proprietários, das áreas liberadas, para assinatura do termo de adesão e repasse das informações sobre como fazer a conexão corretamente. Até abril de 2017, outras 5 mil ligações devem ser liberadas para que os proprietários interliguem seus imóveis à rede.

Entre as principais intervenções em Matinhos – sede do município e balneários – estão a construção de 14 estações elevatórias de esgoto, implantação de 245 mil metros de rede coletora, remanejamento de 14,5 mil metros de rede, implantação de 12.605 ligações prediais e remanejamento de outras 979 ligações existentes. Somente em Matinhos, o investimento previsto é de R$ 125,8 milhões.

Em Pontal do Paraná – incluindo balneários beneficiados com as obras – serão construídas 15 estações elevatórias, 255 mil metros de rede e implantadas 12.395 ligações domiciliares. Neste município os investimentos são de R$ 126,1 milhões. Todas as obras, previstas em quatro etapas, devem ser concluídas até 2020.

De acordo com o presidente da Companhia, Mounir Chaowiche, com estas obras o Paraná passará a oferecer aos banhistas praias com melhor condição de balneabilidade, livre da poluição do esgoto doméstico. “Os moradores do Litoral também ganham em qualidade de vida e conforto, pois será o fim das fossas sépticas para 25 mil famílias”, disse.