Técnicos da Sanepar encontraram a solução para um problema enfrentado pelas companhias de todo o Brasil: acessar o imóvel dos clientes para coletar amostra de água no hidrômetro. A coleta é uma exigência do Ministério da Saúde. Liane Karine Correa e Edison Moro Rios, que trabalham em Irati, desenvolveram o engate rápido para ponto de coleta de amostra de água de rede.

A invenção, de baixo custo e fácil manuseio, dispensa a entrada no imóvel. O mecanismo de acesso à rede é instalado na calçada. No momento da coleta da amostra, o engate é encaixado e, por pressão, é coletada a água a ser analisada. O custo médio do equipamento é de R$ 390,00. Em Irati, três equipamentos estão em uso pelas equipes de campo, como experiência piloto.

O engate rápido é mais adequado ao atendimento dos requisitos de amostragem. “O uso do equipamento pode impedir a contaminação do ponto de coleta por animais, evita incômodos ao cliente para entrar no imóvel e dá mais agilidade para os trabalhadores em campo. A ideia desse engate surgiu a partir dessas dificuldades”, explica Edson.

A portaria 2914/11 do Ministério da Saúde estabelece critérios para a água ser considerada adequada ao consumo humano e o padrão de potabilidade. O documento determina que o responsável pelo sistema de abastecimento de água assegure pontos de coleta, na saída do tratamento e na rede de distribuição, para o controle e a vigilância da qualidade da água.

NOVIDADE – O equipamento criado no Paraná foi apresentado por Liane, no 24.º Encontro da Câmara Técnica de Controle da Qualidade (CTCQ) da Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (Aesbe), realizado recentemente em Vitória-ES.

A Câmara Técnica é composta por profissionais das áreas de Controle da Qualidade das empresas estaduais de saneamento básico e funciona como um comitê. É o fórum nacional para debate dos assuntos relacionados à água tratada distribuída para a população. No último encontro, foram debatidos temas como Plano de Segurança da Água (PSA), escassez de laboratórios que atendam a demanda das análises dos parâmetros de radioatividade, metodologias para análises de gosto e odor.