Por Marina Sequinel e Antônio Nascimento

 

(Fotos: Antônio Nascimento – Banda B)

Um ‘piscinão’ e um matagal de três metros de altura: essa é a realidade dos moradores do Jardim do Arroio, no Barreirinha, em Curitiba. Eles reclamam das condições precárias do final da Rua João Tedeschi com a Adão Casemiro, causadas pelo vazamento de água do esgoto.

“Agora as aulas começam e as crianças não têm nem como passar pela rua. Nós temos que dar a volta para sair ou chegar em casa, porque nem de carro dá para atravessar. A água suja que deveria descer para o rio está entrando no meio da via. A Prefeitura diz que a responsável é a Sanepar e a Sanepar joga para a Prefeitura. Enquanto isso, ficamos a qui”, reclamou Wilson Nunes, um dos moradores da região, em entrevista à Banda B na tarde desta quarta-feira (11).

Outra habitante, Castorina de Souza, declarou que, devido a sujeira da água, muitos ratos são atraídos pelo local. “Um desses bichos atacou a minha cachorrinha e, quando eu fui defendê-la, ele me mordeu. Eu precisei ser vacinada e tudo. A rua sempre teve muitos buracos e agora tem esse problema da água. Esse é um cantinho abandonado”, disse ela.

De acordo com a moradora Aparecida Célia Nunes da Silva, o terreno ao lado do ‘piscinão’ pertence à Prefeitura de Curitiba. “Eles poderiam fazer alguma coisa para a comunidade aqui no local, como uma creche, por exemplo. Por enquanto, a coisa está feia”, concluiu.

A Banda B entrou em contato com a Prefeitura e com a Sanepar para relatar a situação e aguarda retorno.  Em nota, a gestão municipal informou que a Regional Boa Vista vai verificar se o terreno é de propriedade da Prefeitura. Segundo ela, essa confirmação precisa ser feita para saber quais medidas serão tomadas.