Por Felipe Ribeiro e Bruno Henrique

Alvo de reclamações há anos, a Rua Jacob Mehl, que fica em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, voltou a ser alvo de protestos neste sábado (22). Já relatada pela Banda B no começo do mês de setembro, a rua sofre com o pó no tempo seco e mais ainda com o a lama no tempo chuvoso, mas o que revolta os moradores é a justificativa que recebem da prefeitura é a de que o serviço já foi realizado no local.

Em entrevista à Banda B neste sábado (22) a dona de casa Maria Regina disse estar cansada de reclamar para a prefeitura, já que nada é feito. “A lama acumula e entra na nossa casa num dia como esse e quando o tempo é seco não conseguimos nem respirar direito. Queremos uma providência”, disse.

Segundo os moradores, o mais revoltante é ligar para a prefeitura e ouvir que o asfalto já foi feito. “Essa aqui é uma rua para as pessoas poderem cortar o congestionamento do Trevo do Atuba, mas dessa forma quem vai optar por isso”, questionou o aposentado Ivo Zanetti.

Em setembro, a prefeitura havia informado que consta nos arquivos da Prefeitura que esta obra não foi executada. Em 2001, foi realizada uma consulta junto aos moradores desta via que optaram em não aderir ao Programa de Pavimentação Comunitária. Em 2012, de acordo com a prefeitura, foi realizado um orçamento, porém a obra não foi autorizada naquela ocasião. Ainda, segundo a prefeitura, atualmente a concessionária que administra a BR-116 realiza obras na região e é aguardado o término dos trabalhos para promover uma nova e atualizada consulta junto aos moradores para adesão ao Programa de Pavimentação Comunitária.

A Banda B tenta novo contato com a administração municipal, mas até o fechamento desta reportagem ninguém havia atendido as ligações.

Notícia Relacionada:

Moradores afirmam não ter asfalto e dizem que prefeitura alega já ter feito serviço