O governador Beto Richa visitou nesta segunda-feira (25/03) as obras de revitalização da Avenida da Integração, que liga Curitiba a Pinhais, na região metropolitana da capital. A modernização da via é um dos projetos que integram a matriz de responsabilidades do Estado para a Copa 2014.

A intervenção faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – Mobilidade – Copa 2014 e vai facilitar o trânsito entre as duas cidades. O investimento é de cerca R$ 12 milhões (do governo federal e contrapartida do Estado) e a de 5,145 quilômetros contempla recapeamento, calçamento e iluminação novos, drenagem, ciclovias, paisagismo e estacionamento.

“Esse investimento não é só para Copa do Mundo. Este é um dos legados da Copa”, afirmou o governador Beto Richa. “É uma obra importante para a cidade de Curitiba e para toda a região metropolitana”, disse o governador.

O secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, e secretário especial para Assuntos da Copa 2014, Mário Celso Cunha, acompanham Richa. “Espero que até o final deste ano possamos inaugurar esta grande obra”, completou o governador.

Conhecida como Via Radial de Integração, a obra é uma das cinco que estão sendo executadas pela Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) – as demais são o Corredor Marechal Floriano, Corredor Aeroporto-Rodoviária (Avenida das Torres), Corredor Metropolitano e Via Radial da Pedreira.

O governador disse que está bem impressionado pelo porte da obra e pela importância que terá para a região. De acordo com o coordenador da Comec, Rui Hara, a principal função dessa revitalização é dar uma nova opção para ligar Pinhais a Curitiba. Atualmente, a principal ligação existente é a Avenida Vitor Ferreira do Amaral. “Hoje é uma via local, com poucas características de interligação municipal, e agora será uma nova linha de ligação entre as cidades”, disse.

OBRA – A requalificação inicia na confluência das ruas Santa Madalena Sofia Borat com José Zgoda, no Bairro Alto, e se estende até a Avenida Jacob Macanhan, em Pinhais. No trecho Avenida Santa Madalena – Avenida da Integração serão duas faixas de tráfego em sentidos opostos, com vias alargadas para facilitar o fluxo.

A ponte do Rio Atuba será trocada por uma nova, mais alta e larga. “Com isso, não haverá riscos de enchentes e também vai agilizar a travessia de veículos”, explica Sandro Setim, diretor técnico da Comec.

MARINGÁ – Outro trecho importante da revitalização da Via Radial de Integração será na Avenida Maringá, em Pinhais. Será construída uma segunda via, numa extensão de 370 metros (entre as ruas Francisco E. G. Pereira e Euclides da Cunha Pereira). Assim, o trecho ganhará quatro faixas de tráfego, duas em cada sentido.

“Será uma benfeitoria muito importante, pois dará segurança ao morador, para quem usa seu veículo particular, para o transporte público e, em especial, ao pedestre que terá uma calçada decente e para os ciclistas, que terão uma via exclusiva”, destacou o secretário estadual do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior.

“A obra vai melhorar nosso asfalto, valorizar os terrenos e dar mais segurança aos moradores. É uma avenida muito movimentada”, ressaltou Sueli Prado (59) que mora há 30 anos em frente à Avenida Maringá. Todas as vias contempladas na obra de revitalização terão faixas de pedestre elevadas para dar segurança aos pedestres que circulam pela região.

Para a família de Clarice Momoli (75), moradora do Bairro Alto, a obra resgata uma dívida do passado. Ela mesma explica a razão: “Sou pensionista de um motorista de ônibus que trabalhou em condições precárias por 35 anos. Com esta obra, que vai melhorar a vida de todos nós, ele faria uma festa”, disse. A filha, Sandra Momoli, afirmou que a obra se iguala à pavimentação da Avenida Maringá, uma das principais vias do município de Pinhais.

Proprietário de uma pequena loja de materiais de construção há 10 anos, Marcos Kogin, também fez questão de agradecer a obra. “Tudo o que está sendo feito aqui vai valorizar a região, o comércio e melhorar a vida de todos os moradores”, avalia.