Da AEN

O governador Beto Richa afirmou nesta terça-feira (15) que o Governo do Estado investe R$ 316 milhões na construção de 81 novos colégios em todo o Paraná. Em Guarapuava, Richa e o secretário de Estado da Educação, Paulo Schmidt, autorizaram a construção das novas sedes para os colégios estaduais Pedro Carli e Professora Leni Marlene Jacob.

beto-richa

Foto: AEN

“A educação é prioridade absoluta do nosso governo. Os novos colégios trazem maior conforto para alunos, professores e funcionários. Uma estrutura melhor também contribui para a qualidade do ensino”, disse Richa. “A construção dessas escolas era uma reivindicação antiga e vai atender aos anseios da população de Guarapuava”, completou.

O secretário Paulo Schmidt, explicou que a construção das novas unidades garante benefícios para o município e para o Estado. Atualmente, as duas escolas funcionam na modalidade de dualidade, onde os alunos da rede estadual dividem espaço com os estudantes da rede municipal.

“A prefeitura poderá ofertar novas vagas na rede municipal e nós também poderemos oferecer novas vagas, especialmente ensino médio diurno, que é uma grande expectativa da comunidade. Os estudantes de Guarapuava estão comemorando o resultado de uma luta de décadas”, disse.

Estrutura

Os dois colégios novos terão arquitetura moderna, com laboratórios, biblioteca, quadra poliesportiva coberta, salas de administração, cozinha e refeitório. O novo Colégio Estadual Pedro Carli terá 20 salas de aula, com capacidade para atender até 1.800 alunos.

Já a nova sede do Colégio Estadual Professora Leni Marlene Jacob terá 16 salas de aula, com capacidade para atender até 1.440 alunos.

Para o prefeito de Guarapuava, César Silvestri Filho, a população chegou a perder a esperança de ver as obras dos colégios começarem. “O governador Beto Richa retomou esse processo, atendendo uma reivindicação antiga e, com isso, repara um problema histórico. A construção das novas unidades faz com que o município e o Estado trabalhem de forma mais ajustada. Nós também podermos investir mais e melhor nos nossos próprios edifícios”, afirmou.

Os recursos para as obras são do governo federal, com contrapartida do Estado do Paraná e do município, dentro do Plano de Ações Articuladas (PAR).

Novas escolas

Até o final de 2014 serão construídas 81 escolas novas no Paraná, com investimentos de R$ 316 milhões. Os recursos são do Governo do Estado e também de convênios e parcerias com o governo federal e os municípios. Desde 2011, o Estado já entregou 31 novas escolas. Somente ao longo de 2013 foram construídas e concluídas dez novas escolas no Estado.