O Governo do Estado confirmou a construção de mais três novos Centros Estaduais de Ensino Profissional. O investimento nas três unidades será de aproximadamente R$ 26 milhões e foi autorizado nesta semana pelo governador Beto Richa. Atualmente estão em obras no Paraná 12 escolas específicas para ensino técnico profissionalizante.

As três novas unidades serão construídas em Londrina, Maringá e Medianeira. Cada um terá capacidade para atender a 1,2 mil estudantes. “Estamos mais que triplicando a rede de educação profissionalizante no Paraná e cumprindo o compromisso de aumentar e melhorar a qualificação dos jovens para o mercado de trabalho”, destaca o governador Beto Richa.

Em 2014, o Paraná terá 18 novos Centros Estaduais de Ensino Profissional. A Secretaria de Estado da Educação vai licitar ainda este ano mais duas unidades. “Em 2010 tínhamos apenas cinco Centros de Ensino Profissional. O salto é muito grande, fruto da determinação do governador e da dedicação da equipe da secretaria. Com certeza essas novas escolas farão a diferença na qualidade do mercado de trabalho e na vida dos nossos jovens”, destaca o vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns.

NA PRÁTICA – Os Centros Estaduais de Ensino Profissional oferecem uma variedade de cursos técnicos junto com o ensino médio. Os cursos atendem as demandas regionais. O Departamento de Educação e Trabalho da Secretaria da Educação tem programado para as três novas escolas cursos de refrigeração e climatização, desing de móveis, eletromecânica, alimentos e logísticas, entre outros. “Vamos refinar um pouco mais a oferta com novas pesquisas que vão atualizar a demanda de mercado nessas regiões. Por isso, podem ocorrer mudanças de cursos durante a construção das escolas”, afirma a diretora Fabiana Campos Scrobot.

Em Terra Roxa, o novo centro profissionalizante está quase pronto. A
secretaria está equipamento a nova escola, que funcionará no segundo semestre. Em Francisco Beltrão outra obra deve ser entregue, ainda em 2013, com o foco nas áreas de viticultura e da agropecuária.

CURSOS PREVISTOS – Maringá: Manutenção automotiva, Eletroeletrônica, refrigeração e climatização, móveis e desing de móveis.
Londrina: Manutenção automotiva, automação industrial, eletroeletrônica, refrigeração e climatização e biotecnologia.
Medianeira: Eletromecânica, refrigeração e climatização, alimentos e logística.

AÇÕES – Somente em 2013, o Governo do Estado está investido R$ 500 milhões em infraestrutura. São construções, reformas, ampliações de unidades e implantações de quadras esportivas nas escolas da rede estadual. Entre 2011 e 2012 foram entregues outras 24 unidades novas. Trata-se de um processo de modernização que garante equipamentos mais adequados para alunos e professores, além de ampliar a capacidade com o aumento do número de turmas e a expansão da educação integral.

Centros Estaduais de Ensino Profissional em obras

Almirante Tamandaré
Fazenda Rio Grande
Cianorte
Francisco Beltrão
Ibaiti
Manoel Ribas
Laranjeiras do Sul
Assai
Pitanga
Terra Roxa
Bandeirantes
Colorado