O governador Beto Richa apresentou nesta terça-feira (16/04), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, o programa Paraná Competitivo ao embaixador da Itália no Brasil, Raffaele Trombetta. Richa apresentou os pontos fortes do Paraná e recebeu apoio do diplomata para a atração de investimentos de empresas italianas. “Estamos em negociação com muitas indústrias italianas”, informou o governador.

Richa afirmou que o Estado retomou sua posição na agenda de investidores com a criação do Paraná Competitivo, que agrega, além de benefícios fiscais, melhoria na infraestrutura e na qualificação profissional. “Estamos abertos para que o Estado seja um potencial destino para os projetos italianos. O Paraná vive um novo ciclo industrial, graças ao diálogo e à segurança jurídica que o governo proporciona”, disse Richa.

O Paraná Competitivo já assegurou investimentos de R$ 20 bilhões e a criação de 120 mil empregos. O secretário de Indústria e Comércio, Ricardo Barros, entregou à comitiva italiana a lista com as empresas italianas que negociam investimentos no Paraná e uma cópia da legislação que regulamenta incentivos para atração de empresas do setor aeronáutico.

O embaixador Raffaele Trombetta destacou as ligações históricas e culturais que o Paraná tem com a Itália. Segundo ele, as áreas que mais são atrativas aos italianos são construção civil, energia e alimentos. “O Paraná é a prioridade para a Itália, porque tem muitos italianos e por oferecer muitas oportunidades econômicas”.

COMITIVA – O embaixador estava acompanhado do cônsul-geral da Itália em Curitiba, Salvatore Di Venezia, e da deputada do parlamento italiano, Renata Bueno. “Nosso objetivo é aproximar o Paraná da Itália e internacionalizar nosso estado. O Paraná tem muitas potencialidades que precisam ser aproveitadas”, avaliou Renata. Ela agradeceu o apoio do governador e elogiou a atenção dele para com as embaixadas. Esteve presente na reunião o vereador Pierpaolo Petruzziello.