A Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) recebeu nesta semana, em Brasília, o Selo de Mérito 2013. A premiação é realizada pela Associação Brasileira de Cohabs e Agentes Públicos de Habitação, em parceria com o Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano.

A Cohapar foi a vencedora na categoria de projetos ambiental e socialmente sustentáveis, pelo trabalho de recuperação de áreas de proteção ambiental e urbanização em Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. Doze instituições estaduais e municipais foram premiadas em cinco diferentes categorias. A outorga será realizada durante o Fórum Nacional de Interesse Social, de 15 e 17 de maio.

“Este é um importante reconhecimento ao trabalho que vem sendo feito pela recuperação da Cohapar, desde o início da gestão do governador Beto Richa”, afirmou o presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche. “Promovemos o resgate social das famílias pela moradia, mas, além disso, há também a preocupação com a recuperação dos antigos assentamentos em áreas de proteção ambiental”.

RISCO – Um dos destaques do trabalho premiado foi o atendimento de 78 famílias do Jardim Palmital, em Pinhais. Elas residiam nas margens do Rio Atuba e sofriam constantemente com enchentes, mau cheiro, animais peçonhentos e outros problemas relacionados ao local impróprio de moradia. Pela parceria entre o Governo do Paraná, o Governo Federal e a prefeitura de Pinhais, novas casas foram construídas em local seguro.

Após a demolição das antigas moradias, as áreas foram recuperadas, com a limpeza, plantio de mudas nativas e construção de um parque linear, que além de propiciar um novo espaço de lazer aos moradores, evita a reincidência de futuras invasões e ameniza a poluição do rio.

Engenheiros e técnicos sociais da Cohapar fazem o acompanhamento pós-ocupação. Periodicamente, a satisfação das famílias com as novas moradias é avaliada e orientações sobre a importância do cuidado com as residências e com o meio ambiente são dadas aos moradores.

Uma das primeiras famílias a se mudar foi a de Chisleine Halvorcem. Ela, o marido e os filhos viveram durante nove anos em uma residência de madeira à beira do rio. “Passamos por todo tipo de problema até o dia em que casa desabou. Agora temos mais segurança e conforto na nova moradia e só queremos melhorá-la ainda mais”, completou Chisleine.

PINHAIS – Pinhais recebeu investimentos de R$ 40,5 milhões do governo federal pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), com contrapartida do Governo do Paraná de R$ 10,2 milhões. O programa beneficiará, até sua conclusão, 1.640 famílias com a construção de casas, implantação de infraestrutura, regularização fundiária e recuperação de áreas de proteção ambiental.