Por Marina Sequinel

Recorrer ao DPVAT é fácil, simples e grátis, garante a assessora de relações institucionais da Seguradora Líder, Angela Amparo. “O seguro cobre toda a população acidentada no trânsito, seja passageiro, pedestre ou motorista. Não existe nenhum segredo e nem necessidade de um intermediário”, disse ela em entrevista ao radialista Geovane Barreiro no Jornal da Banda B desta quarta-feira (28).

DPVAT_200x100cm.indd

(Foto: Reprodução)

De acordo com a assessora, para acionar o direito, basta se dirigir a um dos nove mil pontos de atendimento que a seguradora tem no país, com a documentação necessária. “O DPVAT cobre três tipos de situações: indenização por morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e hospitalares”, comentou.

Ela ressalta, ainda, que o segurado pode pedir pelo DPVAT por conta própria, sem a ajuda de terceiros. “Muitas pessoas cobram por esse serviço, às vezes com valores exorbitantes, que é totalmente desnecessário. É tudo muito fácil, já que nós temos parcerias com a agência dos Correios, para o envio gratuito de documentação, e também com bancos, para abrir conta para aqueles que não possuem”, completou.

Para saber como o DPVAT funciona e quais são os documentos necessários para acioná-lo, ouça a entrevista completa abaixo:

[jwplayer mediaid=”162059″]