Da Redação com Catve.com

Vítima morreu após abordagem de fiscais da Receita Federal (Foto: Facebook)

A Receita Federal divulgou uma nota no início da noite deste domingo (29) sobre a morte de Ademir Gonçalves Costa, 39 anos, após uma abordagem na aduana da Ponte de Amizade. O caso foi registrado no fim da tarde de sábado (28). Segundo a nota, o homem foi abordado em um mototáxi e teria reagido.

Ainda de acordo com a receita, pelo homem estar alterado uma equipe do Samu foi acionada. Enquanto a ambulância era aguardada, a vítima teve uma convulsão, tendo expelido sangue e um pedaço de plástico pela boca. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

O corpo de Ademir já foi liberado do IML (Instituto Médico Legal) de Foz do Iguaçu para o sepultamento. O IML ainda não repassou os detalhes da causa da morte. A Polícia Federal investiga o caso e familiares da vítima pedem por justiça, alegando que Costa foi abordado de forma intransigente..

Confira a nota na íntegra da Receita Federal:

A Receita Federal informa que o homem abordado em um mototáxi neste sábado quando entrava no Brasil pela Ponte da Amizade apresentava-se em estado alterado e reagiu à abordagem.

Por causa de seu estado alterado foi realizado um primeiro acionamento do Samu. Enquanto aguardava, o homem passou para um quadro de convulsão tendo expelido sangue e um pedaço de plástico pela boca.

Novamente o Samu foi acionado tendo sido relatada a mudança de quadro agressivo para de convulsão.

Depois de constatado o óbito, a Polícia Federal foi acionada para realizar as perícias necessárias.

Para mais informações sobre a Região Oeste do Paraná acesse o Portal Catve.com clicando aqui.