Do Diário de Maringá

O cara tratou de pagar rapidinho para evitar que fosse registrada uma ocorrência policial e a imprensa tivesse acesso à história. Mas, não adiantou, todo mundo ficou sabendo, embora a maioria dos órgãos de imprensa tenha tido o cuidado (ou compaixão) de não divulgar o nome do envolvido. Ele saiu com um travesti achando que era uma garota do programa.

O caso ocorrido neste sábado em Cascavel foi o seguinte: o camarada encontrou na rua a mulher dos sonhos dele, papo vai, papo vem e pouco depois o casal estava em um motel. Ficou combinado que o programa teria um preço, mas como aquela era a gata dos sonhos (dele), o camarada não economizou.

Para conferir a história completa no Portal O Diário de Maringá clique aqui.