Uma adolescente salvou a vida da irmã mais nova de apenas três anos durante um incêndio em uma residência no bairro Campo Comprido, em Curitiba. O fogo começou no início da noite desta quinta-feira (7). Ainda não há informações sobre o que teria provocado as chamas. As duas não se feriram. Elas estavam sozinhas em casa.

A garotinha Maria Eduarda Martins da Silva estava no quarto que começou a pegar fogo. A irmã dela de 14 estava próximo da porta de saída da casa, segundo depoimentos, mas voltou ao quarto em chamas e retirou a garota de lá. Os bombeiros foram rapidamente acionados pelos vizinhos e se deslocaram para o endereço, na Rua Jovino Ransolin, acompanhados por uma ambulância do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate).

O incêndio foi contido e Maria Eduarda, com queimaduras no rosto e nas mãos, foi encaminhada ao Hospital Evangélico sem risco de morte. “Quando chegamos a garotinha já estava sendo amparada pelos vizinhos. Ela estava deitada no sofá da sala de uma casa ao lado, e estava conversando e consciente. A queimadura foi leve e o incêndio de pequena proporção, logo contivemos as chamas. Com certeza, se a irmã mais velha não tivesse retirado ela de lá, aí sim poderia ter sido pior”, contou o Soldado Vieira, do Corpo de Bombeiros, que atendeu ao local.

A menina passou por exames e passa bem. A previsão é que ela tenha alta hospitalar ainda hoje. Nada foi falado sobre onde estaria a mãe das meninas.