Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique

contornodentro

Contorno está completamente fechado (Foto: Michele Zakecheski – Colaboração)

Um protesto do Movimento Sem Terra (MST) e da Via Campesina Brasil (composta por Movimento das Mulheres Camponesas, Movimento dos Pequenos Agricultores e Movimento dos Atingidos por Barragens) fechou os dois sentidos do Contorno Leste, próximo ao Ceasa, das 7h30 às 13 horas desta terça-feira (12), na região do bairro Umbará. Os organizadores do movimento pediam uma reunião em Brasília para liberar a pista e prometem novas mobilizações na quarta caso não consigam. Houve lentidão em ambos os sentidos e a fila passou de 20 quilômetros.

Segundo os organizadores, a pauta de reivindicação do movimento deveria ter sido discutida em agosto do ano passado, o que não aconteceu. Por conta disto, nesta terça-feira (12), além do Contorno Leste, outras sete rodovias no Paraná e dezenas em outros estados serão fechadas, até que o comando que está em Brasília avise que uma nova reunião foi agendada.

protestodentro

Rodovia deve ficar fechada até reunião ser marcada (Foto: Bruno Henrique – Banda B)

Entre as pautas dos agricultores estão o apoio a agricultura familiar e a agroecologia, além de uma unidade campo cidade e a elaboração de uma reforma agrária. “Estamos cansados de sofrer com o descaso para com quem trabalha no campo. Vítimas de enchentes, por exemplo, não têm nenhum apoio. Algo precisa ser feito”, afirmou à Banda B José Maria Tardim, um dos integrantes da Via Campesina.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) tenta negociar com os integrantes da Via Campesina e do MST, mas não há previsão de acordo.