O Governo do Estado lança nesta semana o Bom Negócio Paraná em mais quatro municípios na região Noroeste. O programa, que garante empréstimos baratos e capacitação gratuita, passa a funcionar também em Nova Londrina (terça), Terra Rica (quarta), Paraíso do Norte (quinta) e Campo Mourão (sexta). As solenidades de lançamento são às 19 horas.

Em funcionamento em mais de 80 cidades, o Bom Negócio Paraná estimula as economias locais com empréstimos a juros baixos para micro e pequenos empresários. Os financiamentos são feitos pelo Banco do Empreendedor, da Fomento Paraná, e os juros estão entre os mais baixos do país e variam de 0,51% a 1,07% ao mês. Os cursos de capacitação são gratuitos e realizados por Universidades Estaduais e entidades parceiras como a FIEP, FAEP, Fecomércio, Associações Comerciais e outras.

“O Bom Negócio Paraná estimula as economias e cria oportunidades para as micro e pequenas empresas, sobretudo nos pequenos e médios municípios”, reforça o secretário estadual da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros.

FINANCIAMENTO – O programa atende empreendedores informais, individuais, sociedades empresariais, sociedades simples, arranjos produtivos locais e cooperativas de produção, de serviços e de trabalho.

As faixas de financiamento variam de R$ 300 a R$ 300 mil, de acordo com a capacidade de cada empresário. O prazo de pagamento vai de 12 meses a 60 meses. A análise de crédito leva em conta o porte da empresa e o histórico de pagamento de compromissos financeiros. O dinheiro pode ser aplicado em capital de giro, obras, reformas, compra de móveis, instalações, montagens e aquisição de máquinas e equipamentos e compra de terrenos.

CAPACITAÇÃO – Somado aos financiamentos, o Bom Negócio concede cursos gerenciais gratuitos nas áreas de empreendedorismo e projeto de vida, gestão de negócios, gestão de pessoas, gestão financeira, gestão comercial e gestão estratégica.

Os cursos são realizados em parcerias com universidades estaduais e entidades empresariais. “Quanto mais capacitado o empreendedor, menores são os juros”, frisa Barros.

O programa é uma parceria do Governo do Paraná com a Secretaria de Ciência e Tecnologia e com diversas entidades, entre elas o Sebrae, Faep, Faciap, Fecomércio, Fetranspar, Fiep, Fecoopar, Associações Comerciais, sindicatos e prefeituras.