Redação

professores-bandab

Professores se reuniram na Praça Santos Andrade. Foto: BH/Banda B

Cerca de mil professores das escolas estaduais do Paraná se reuniram na Praça Santos Andrade na manhã desta terça-feira (29) e desde as 9h15 caminham em direção ao Centro Cívico, em Curitiba. Hoje é o sexto dia da greve que atingiu todo o estado. De acordo com o sindicato da categoria, a APP-Sindicato, os professores e funcionários de escolas que se juntaram para a marcha são de diversas cidades. Ônibus, vans e micro-ônibus desembarcaram por volta das 8 horas no centro de Curitiba.

A saída é feita da praça Santos Andrade, seguindo pelas ruas João Negrão e Marechal Deodoro, e em seguida, na avenida Marechal Floriano até a praça Tiradentes, continuando pela avenida Cândido de Abreu. O objetivo da marcha até o Centro Cívico é pressionar o governo do Paraná para uma nova proposta para a assembleia que deve ocorrer após a passeata, às 15h30.

A expectativa, segundo o sindicato, é reunir 30 mil pessoas para o evento. Os professores esperam que o governo contemple pontos deixados de fora na última reunião com a categoria: mudanças no contrato dos educadores temporários, nos direitos daqueles que atuam com a Educação Especial e novos concursos públicos. Além disso, a APP não aceita o parcelamento da dívida do governo de R$ 100 milhões em dez vezes.

De acordo com o comando de greve, até a assembleia, a contraproposta deve ter uma melhora significativa. Nesse caso, os professores vão avaliar e decidir se aceitam ou não os pontos traçados, pondo um fim a greve. Caso contrário, a paralisação continua.