Do Extra
O professor do colégio Pedro II Haroldo Nobre Lemos foi condenado por assédio sexual a um de seus alunos, de acordo com decisão do 1° Tribunal Federal Regional. O caso, que veio à tona agora, aconteceu em 2011, quando o adolescente tinha 13 anos. A defesa não informou detalhes sobre o processo, mas o Ministério Público Federal (MPF) adiantou que já foi feito recurso em segunda instância.

(Foto: EBC)

Segundo a acusação, o estudante, da Unidade Tijuca II, procurou o professor, hoje aposentado, para ter mais informações sobre uma greve em andamento. A partir desse momento, passou a receber mensagens e imagens sexualmente explícitas, e promessas de intervenção acadêmica que protegeriam o aluno da reprovação.

Em depoimento, a vítima do assédio pelo qual o professor foi condenado contou que se sentiu presa à situação, pois ficou sem saber como a revelação do ocorrido seria recebida por outras pessoas. Além disso, o aluno teria recebido diversos convites para participação de atos sexuais na casa do professor

Para ler a matéria completa no Extra clique aqui.