Por SMCS

A Prefeitura de Curitiba enviou para a Câmara Municipal, nesta segunda-feira (24), o projeto de lei que cria o cargo de Agente de Trânsito Municipal. A proposta prevê a abertura de 1.000 vagas de agentes.

A criação do cargo é necessária porque atualmente a Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) atua com um grupo de funcionários da Urbs, cedido até que a secretaria possa compor seu quadro próprio. Essa cessão foi feita em 2011, em um momento de transição causado pelo julgamento de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), que retirou a competência da fiscalização do trânsito da Urbs, levando à criação da Setran no início de 2012 – substituindo as funções da antiga Diretran.

Concurso

Após a aprovação do projeto na Câmara, será iniciado o processo de elaboração do edital do concurso para contratação dos novos agentes. A Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) pretende organizar o concurso no segundo semestre de 2013. O número de vagas ainda será definido.

“Com o projeto de criação do cargo de Agente Municipal de Trânsito, estamos cumprindo nosso plano de gestão e ao mesmo tempo obedecendo a determinações legais. Em breve, teremos um grupo muito maior de profissionais nas ruas para ajudar a melhorar o trânsito da cidade”, afirma o prefeito Gustavo Fruet.

Para o secretário de Trânsito, Joel Krüger, a criação do cargo de Agente de Trânsito Municipal é fundamental para atender as demandas da Setran. “Com o aumento do efetivo, poderemos ampliar as operações nas ruas, a participação no acompanhamento de eventos e a fiscalização em todas as regiões de Curitiba”, diz.

Segundo Krüger, com mais agentes de trânsito em Curitiba, será possível atender melhor e mais rapidamente as solicitações da população à Setran, através do serviço 156, e ampliar a área de abrangência do estacionamento regulamentado (Estar). Atualmente, a Setran atende, em média, 5 mil solicitações/mês feitas pelo 156.

Os agentes que no momento prestam serviço para a Setran poderão fazer o concurso, se desejarem exercer o novo cargo. Com a contratação dos novos servidores – que serão estatutários, com carga horária semanal de 30 horas e salário inicial de R$ 1.730,58 –, haverá um período de transição na Setran com a participação dos atuais agentes até a formação completa da nova equipe de trânsito do município.