Da Redação com TCE-PR

A nomeação de um menor de idade para ocupar cargo em comissão levou o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) a aplicar multa de R$ 1.450,98 ao atual prefeito de Cornélio Procópio, no norte do estado. A decisão foi divulgada nesta quarta-feira (16).

De acordo com o órgão, o prefeito Frederico Carlos de Carvalho Alves nomeou, para o cargo de chefe de Divisão, Fiscalização, Tráfego e Administração da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana . Nascido em 3 de agosto de 1995, o servidor comissionado contava, na data da nomeação, 17 anos.

A nomeação feriu o princípio da legalidade e o Artigo 7º do Estatuto dos Servidores do Município de Cornélio Procópio. O dispositivo prevê idade mínima de 18 anos para ingresso nos quadros municipais. O TCE não aceitou o argumento da Prefeitura na defesa, de que o servidor estava, na época da nomeação, legalmente emancipado para atos da vida civil. A emancipação, no entendimento da Corregedoria-Geral do Tribunal, não torna o cidadão plenamente capaz de responder por seus atos na esfera penal.