O prefeito de Balsa Nova, Luiz Cláudio Costa, reivindicou durante reunião da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec), a entrada do município na Rede Integrada de Transportes (RIT) da capital. Fazendo fronteira com Campo Largo, Balsa Nova fica a 60 quilômetros da capital.

“O que nós queremos é participar da integração. O cidadão de Balsa Nova quer ter o direito de pagar a mesma tarifa dos demais municípios”, disse Costa.

Ampliação da Rede

Durante a reunião, os prefeitos defenderam a renovação do subsídio do Governo do Estado, que atualmente garante que passageiros de 12 municípios da região metropolitana paguem a mesma tarifa da capital. “Reafirmo o respeito pela integração e a necessidade de sua manutenção. Temos que vencer essa pauta do subsídio para pensar na ampliação e qualificação do sistema para daqui a 15, 20 anos. Não se pode simplesmente dizer que a tarifa vai aumentar, pois não é justo com o usuário”, afirmou o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet.

O diretor de Transportes da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), Carlos do Rego Almeida Filho, confirmou, durante sua apresentação, que prosseguem as negociações para renovação do convênio. “Tenho certeza de que vamos refazer o convênio. Também estamos avançando significativamente na pesquisa origem-destino. Em breve teremos boas notícias”, afirmou Almeida Filho.

Fruet mostrou-se confiante com a sinalização de renovação do convênio. “Neste momento, as diferenças políticas devem ser deixadas de lado. O interesse da população dos municípios da região metropolitana é prioridade”, concluiu.