A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) vai mostrar os resultados do último ano e projetos para o biênio 2013/2014 durante a 19ª edição da Intermodal South America, que acontece entre os dias 2 e 4 de abril, em São Paulo. Entre 600 expositores, de 22 países, representantes dos portos paranaenses e do governo do estado têm a chance de trocar informações com um público especializado de mais de 45 mil profissionais de logística, transporte e comércio exterior de mais esta edição da Intermodal da América do Sul.

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, entre outras oportunidades que se abrem com a feira está a de poder apresentar o que tem dado certo nos portos do Paraná. “Vamos mostrar que os portos paranaenses estão nos melhores níveis do Brasil. Temos dificuldades, sim, mas em 2013 o Porto de Paranaguá é um porto de referência nacional – principalmente por ter conseguido combater o problema das filas de caminhão nesse início de escoamento de safra”, afirma.

Richa Filho diz que os portos paranaenses têm alcançado resultados positivos. “Os nossos esforços, aliados à criação de tecnologia e gestão, têm resultado em soluções. O Porto de Paranaguá, este ano, está sendo exemplo a ser seguido”, garante.

A Appa participa da Intermodal com 20 parceiros. Para o superintendente da Appa, Luiz Henrique Dividino, esta é uma oportunidade de ter acesso às inovações, tecnologias e negócios. “A troca de experiências e informações durante a feira é muito intensa e, para os parceiros, o evento é uma oportunidade única de mostrar seus diferenciais e atrair novos negócios”, afirma.

EXEMPLOS – Entre os temas que serão apresentados pela Appa durante a feira estão o plano de arrendamento e as projeções de melhorias já para este ano e o próximo. Somente de investimentos próprios, a Appa despenderá, até o final de 2014, cerca de R$ 400 milhões em melhorias estruturais dos portos. “Entre os principais projetos em andamento estão várias ações para a remodelação do Corredor de Exportação, como aquisição de novas balanças e novos shiploaders. São diferentes frentes de trabalho para recuperar os 20 anos que os portos ficaram sem investimentos e projetos”, destaca o superintendente.

Além disso, a Appa está investindo em trabalhos de dragagem, melhorias na sinalização náutica e, consequentemente, na segurança da navegação. Estão sendo feitos investimentos em tecnologia da informação, melhorias no pátio de triagem e também projetos na área de gerenciamento ambiental.

Além desses, a Appa vai mostrar para o público nacional e internacional os avanços na área de Meio Ambiente. O último deles foi a liberação – pelo Ibama – da licença para a dragagem de aprofundamento.

MOMENTO – O diretor empresarial da Appa, Lourenço Fregonese, lembra que todos os portos brasileiros estarão na Intermodal em São Paulo, num momento de relevância da questão portuária e de infraestrutura do país – principalmente pela recente aprovação da MP 595.

“O momento é tenso, existem prós e contras ao novo marco regulatório, mas torcemos para que o bom senso prevaleça e que a logística brasileira tenha um avanço pelas decisões que serão tomadas pelo Brasil a partir de então. A Intermodal é um espaço onde se recebe clientes, todos os interessados em operar nos portos, onde os profissionais da área portuária e de logística se sentem à vontade para dialogar; inclusive sobre isso”, comenta.

Sobre a participação da Appa junto a 20 parceiros, o diretor afirma que esta é a filosofia da administração. “Exemplo disso é que o Porto de Paranaguá é o único porto que, mesmo antes da aprovação e anúncio da nova medida provisória, estava com todos os projetos prontos para a área de arrendamento. Isso foi resultado de tudo o que foi conversado, discutido e construído junto com os nossos parceiros. Nenhum porto opera sozinho, não é centralizando que se resolvem os problemas, mas dialogando e efetivando o que se discute”, diz.

PARCEIROS – Com a Appa, na 19ª Intermodal South America, participam Cotriguaçu, TCP , Paiaguás, Porto Seco de Cuiabá, Ponta do Félix, Fospar, Mosaic, Harbor, Marcon, Teapar, Sal Diana, ALL, Interalli, Seara, Céu Azul, Cargill, Fortesolo, Catalini, Coamo, Rocha, TKX, Born Group, além da Pasa, CPA e Álcool do Paraná.

A feira está aberta à visitação pública das 13 às 21 horas, entre os dias 2 e 4 de abril no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Para visitar a feira, é preciso fazer inscrição prévia pela internet através do site www.intermodal.com.br.