Por Elizangela Jubanski e Juliano Cunha

Uma briga entre primos no passado pode ter motivado uma vingança contra Alexandre Ramos da Silva, 30 anos, que levou oito tiros na noite desta segunda-feira (1º). O crime aconteceu no bairro Sítio Cercado, em Curitiba. O atirador está sendo apontado como sendo o primo da vítima. Há suspeita de ele ter menos de 18 anos. A vítima chegou com vida no hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta da 1h30 de hoje.

Silva estava na rua São José de Arimatéia quando foi abordado por um dos primos que ele teria agredido, segundo testemunhas. Logo em seguida, houve uma discussão e os moradores ouviram vários disparos de arma de fogo.

Gravemente ferido, mas ainda consciente, a vítima foi socorrida pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) até o Hospital do Trabalhador. “O que ele nos contou é que o atentado aconteceu em frente a casa de parentes dele. A vítima levou tiros na perna, no braço, no dorso, abdômen. Ele estava já em estado de choque. Conseguimos entregá-lo com vida, mas o estado de saúde dele é grave”, contou o cabo Razera, do Corpo de Bombeiros.

O Distrito Policial local vai dar início às investigações, já que o homicídio é de autoria conhecida.