Da Redação com Polícia Civil

Três homens (pai e filhos) foram presos na manhã de terça-feira (11) suspeitos pelo assassinato de Argemir Bastos na cidade de Pinhão, no centro-sul do Paraná. Os suspeitos estavam escondidos na casa de parentes, em Guarapuava, a 50 km de Pinhão.

Foto: Polícia Civil

O crime aconteceu no dia 14 de março. De acordo com a Polícia a motivação aconteceu por uma dívida de R$ 80. Os suspeitos, um homem de 59, e seus dois filhos, 20 e 23 anos foram até a casa da vítima, onde o pai deu um tiro na barriga da vítima, em seguida, seus filhos o seguraram, onde o pai o executou com um tiro na cabeça. A arma utilizada no crime foi um revólver artesanal Garrucha, calibre 38 que foi apreendido.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Rodrigo Cruz dos Santos, os suspeitos se apresentaram com um advogado na delegacia. “O trio alegou legitima defesa, mas após investigações e depoimento de testemunhas, um mandado de prisão preventiva foi expedido pela Justiça, o que fez, os suspeitos fugirem”, lembra Santos.

Ainda de acordo com o delegado, após um mês de investigação, a equipe policial localizou a família que foi conduzida ao Setor de Carceragem Temporária de Pinhão, onde permanece à disposição da Justiça.