Da Redação com informações do Portal VVale

Um adolescente de 17 anos foi apreendido nesta terça-feira (23) e confessou o assassinato de duas meninas, de 13 e 16 anos, em Cruz Machado, no sul do Paraná. De acordo com a polícia, ele disse em depoimento que matou Camile Loures das Chagas, de 13 anos, porque gostava dela e não era correspondido. Já Solange Vitek, segundo o depoimento, teria sido vítima por ele desconfiar que ela soubesse do primeiro crime.

adolescentesul

Reprodução

Segundo informações do Portal VVale, Camile desapareceu em dezembro do ano passado, quando retornava para casa. Solange sumiu em de março deste ano. Duas ossadas foram encontradas recentemente pela polícia – uma em julho e outra em agosto.

O delegado-chefe da 4ª Subdivisão Policial da cidade, Douglas Carlos de Possebon e Freitas, informou nesta terça que os crimes estão elucidados, faltando poucos detalhes a serem esclarecidos. “Ele mora praticamente na frente da casa da família da Camile e conhecia a Solange. Até o ano passado estudavam na mesma escola e iam com o mesmo ônibus, o que indica que conhecia até mesmo a rotina”, disse em entrevista coletiva.

Até o momento a Polícia Civil não sabe se há participação de outra pessoa no crime e segue investigando. O delegado pediu urgência máxima no exame de DNA para tentar confirmar se as adolescentes são realmente as vítimas.

Ouça a entrevista do delegado clicando aqui.