As novas viaturas que começaram a ser usadas em todo o Paraná pelas polícias Civil e Militar têm recebido ampla aprovação dos paranaenses, que vem percebendo a mudança e a melhoria da segurança no dia a dia. O Governo do Estado está adquirindo 1.470 veículos para reestruturar a frota de todas as unidades que integram a Secretaria da Segurança Pública.

A compra de viaturas faz parte das ações do programa Paraná Seguro, lançado pelo governador Beto Richa, em agosto de 2011. O programa reúne ações para melhorar a segurança pública em todo o estado.

O professor aposentado Benedito Flávio Ribeiro, morador de Santa Mariana, no Norte Pioneiro, aprovou os novos veículos e avalia que a polícia precisava de carros modernos. “Representa mais segurança para a população”, avalia ele.

Eliane da Cunha Ribeiro Carvalho, moradora de Cornélio Procópio, também disse que a modernização da frota da polícia vai beneficiar toda a comunidade. “Antes havia uma defasagem nas viaturas, e agora com as novas, a segurança vai aumentar bastante”.

A Polícia Civil de Leópolis, município com 4.145 habitantes, também recebeu uma viatura, aprovada pelo policial José Fernandes. “Recebemos uma viatura moderna que dará mais agilidade e facilitará a comunicação com as delegacias vizinhas”, afirma.

ECONOMIA – A licitação realizada no fim do ano passado previa a compra de 1.220 viaturas. Com a economia feita durante a licitação, o Governo do Estado pôde adquirir outras 250, somando 1.470 novos veículos.

Moradores de bairros da capital também estão satisfeitos com as novas aquisições. A auxiliar de enfermagem Edilaine Aparecida Cordeiro, que mora no Alto Boqueirão, diz que a presença da polícia nas ruas aumenta a sensação de segurança. “Era perigoso andar no centro. Agora com a viatura, nós nos sentimos mais seguros. Se acontecer alguma coisa temos a polícia por perto”.

Edilaine comenta que tem visto mais policiais nas ruas tanto na área central quanto no bairro onde mora. “Tenho visto bastante policiais, isso é muito bom”, diz ela. Os novos policiais fazem parte do incremento no efetivo, iniciado com a incorporação de 3.120 profissionais feita no primeiro semestre de 2012 e que, com a conclusão do curso de formação, já estão atuando nas ruas.

José Américo Alves de Azevedo opina que é importante policiais estarem próximos da população. “É sempre bom que tenhamos policiais por perto para nos ajudar e nos orientar. Acho essencial a presença da polícia em todos os bairros da cidade para inibir a ação de suspeitos”, disse.

Morador de Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, Cláudio Vicente afirma que a segurança aumentou. Ele chegou a presenciar a prisão pela Polícia Militar de dois suspeitos que tinham cometido um roubo na Rua XV de Novembro.

RESULTADOS – A presença maior das viaturas em Curitiba também têm dado resultados significativos, com redução na criminalidade. De acordo com informações divulgadas pela Polícia Militar, a queda do número de furtos e roubos na região central de Curitiba, no último mês, foi de mais de 75%. “Em fevereiro, tivemos mais de 700 casos na região central, sendo registrados apenas 174 em março”, aponta o comandante-geral da PM, coronel Roberson Luiz Bondaruk.