Redação

A pista sentido Curitiba da Rodovia Régis Bittencourt, a BR-116, ficou bloqueada no km 443,7, na região de Registro (SP) por cerca de 2 horas e meia depois que uma erosão fez parte da ponte desabar. A Autopista Régis Bittencourt, realiza obras emergenciais, e informou que a ocorrência na cabeceira da Ponte do Rio Ribeira de Iguape foi registrada rapidamente e logo deram início aos trabalhos. Equipes da Concessionária ainda trabalham no local. Não há informações de feridos, nem veículos danificados. Por volta das 12 horas a pista foi liberada, mas ainda segue com trânsito lento.

Os veículos formaram filas do km 426,7 ao km 443,7. Para os usuários que necessitem seguir para o sul, a concessionária recomenda que, se possível, aguarde um melhor horário até que o tráfego se normalize, ou ainda que façam uso de rotas alternativas (entrada pela Régis no município de Juquiá, na altura do km 416, acessa a BR-116 novamente pela SP-139, saída em Registro). Ainda neste sentido, há lentidão do km 323 ao km 345, nas regiões de Juquitiba e Miracatu (SP), devido ao tráfego intenso.

Operação especial de tráfego – km 41,8 a km 44,1
A Autopista Régis Bittencourt implantou uma operação especial de tráfego entre o km 41,8 e o km 44,1 da BR-116, na região de Campina Grande do Sul (PR), para a realização de obras de recuperação da ponte sobre a Represa Capivari, que fica no km 43 da pista sentido São Paulo. Durante os trabalhos, o tráfego neste trecho seguirá pela pista Sul, por uma faixa em cada sentido da rodovia. O local está devidamente sinalizado e a Autopista disponibiliza todos os recursos necessários para minimizar o impacto da interferência no fluxo de veículos.