Da AEN

O governador Beto Richa entregou nesta quarta-feira (10/07), em Curitiba, mais 76 novas viaturas para as polícias Civil e Militar, que completaram 1.094 veículos novos que já integram as frotas da segurança pública. O Governo do Estado adquiriu 1.220 veículos para essa área. Na solenidade, o governador também entregou um caminhão para o Detran Móvel, que será usado em atividades itinerantes.

Gov. Beto Richa entrega viaturas para PM e PC

Foto: Divulgação

A Polícia Civil recebeu 49 veículos e a Militar, 27, para suas unidades em 28 municípios do interior do Estado. São 40 Volkswagen Amarok, 24 Mitsubishi Pajero, quatro Renault Duster e quatro Renault Fluence. Na semana passada, Richa entregou outras 268 viaturas. Os automóveis vão substitui os antigos e reforçar as frotas.

“Os investimentos que temos feito atendem o maior clamor dos paranaenses, que é a segurança pública. Temos investido desde o início do nosso governo de forma vigorosa nesta área”, afirmou Richa. “A renovação da frota de viaturas teve papel central na redução do número de ocorrências em todo o Estado”, apontou o governador.

Richa citou como exemplo a redução de 35% no número de homicídios dolosos na capital e 34% na região metropolitana, na comparação entre os cinco primeiros meses do ano com mesmo período de 2010.

Mais segurança

A reestruturação da frota de veículos é um compromisso do governador Beto Richa e integra o programa Paraná Seguro. Desde 2006, não eram entregues novas viaturas às polícias. O Corpo de Bombeiros, o Instituto de Criminalística e o Instituto Médico-Legal também estão recebendo novos veículos. A distribuição das viaturas segue planejamento estratégico elaborado pela Secretaria da Segurança Pública.

“Os veículos dão mais mobilidade às polícias. A renovação das frotas era essencial, pois estavam desestruturadas há algum tempo”, ressaltou o secretário da Segurança, Cid Vasques. Ele salientou que as novas viaturas fazem parte da reestruturação completa da área, que inclui aumento do efetivo policial, mais armamento e investimentos em inteligência, entre outras melhorias.

Distribuição

Os 49 veículos da Polícia Civil serão destinados às cidades de Paranaguá, Lapa, Foz do Iguaçu, Umuarama, Paranavaí, Maringá, Sarandi, Cornélio Procópio, Jacarezinho, Joaquim Távora, Ponta Grossa, Guarapuava, Pitanga, Campo Mourão, Goioerê, Cianorte, Apucarana, Telêmaco Borba, Ortigueira, Francisco Beltrão, Toledo, Marechal Cândido Rondon, Londrina, Cascavel e Pato Branco.

Já as 27 viaturas da PM atenderão Paranaguá, Foz do Iguaçu, Toledo, Londrina, Godoy Moreira, Indianópolis e Altamira do Paraná. Seis Pajeros serão usadas pelo Batalhão de Polícia Rodoviária, no Sudoeste.

O Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) recebeu mais quatro veículos dos 15 programados para a unidade. “São viaturas altamente equipadas para nossa atuação”, avaliou o comandante do BPMA, tenente-coronel Elias Chehade. O comandante-geral da PM, coronel Roberson Luiz Bondaruk explicou que a atuação do BPMA terá atuação ampliada “A polícia ambiental passará a ser Patrulha Rural Comunitária e, além de agir na prevenção de crimes ambientais, também fará policiamento ostensivo nas comunidades mais distantes do Paraná”, informou.

Detran

Na mesma solenidade, Richa fez a entrega do novo Detran Móvel. O caminhão, especialmente modificado e equipado, será usado pelo Departamento de Trânsito do Paraná para atividades itinerantes de educação para o trânsito e prestação de serviços de habilitação e veículos em todas as cidades do Paraná.

“A unidade móvel é uma forma de levar o Detran para mais perto dos cidadãos, principalmente nas cidades menores, que não contam com uma Ciretran ou posto de atendimento. Além de prestar serviços, leva atividades culturais e educativas, voltadas para o trânsito e a proteção à vida”, disse o diretor-geral da autarquia, Marcos Traad.

O investimento do governo estadual no caminhão foi de aproximadamente R$ 500 mil. O Detran Móvel conta com palco para apresentações de teatro e shows educativos, sala de atendimento aos usuários, internet, televisores, banheiro e acesso para portadores de necessidades especiais.