Por Luiz Henrique de Oliveira e Flávia Barros

Um casal de idosos, de 86 e 74 anos, por pouco não caiu em um golpe que vem acontecendo nas últimas semanas em Curitiba. Moradores no Fazendinha, eles receberam duas mulheres que se diziam corretoras de seguros, com uma falsa apólice, com os dados pessoas já preenchidos, para que assinassem e dessem uma quantia em dinheiro. A polícia está ciente e investiga a ação da quadrilha.

(Foto: EBC)

O filho do casal, Edson Carvalho, procurou à Banda B para alertar a população sobre o golpe. “Estas duas mulheres foram duas vezes na nossa casa, falando sobre esse plano de seguro, que vinha descontado da aposentadoria do meu pai. Elas falaram que ele tinha para retirar um valor de R$ 180 mil, mas tinha que pagar R$ 300”, explicou.

Segundo Edson, a mãe dele percebeu a intenção duvidosa das golpistas. “Minha mãe fez com que o meu pai não assinasse e elas foram embora, em um carro branco, se dizendo de uma famosa corretora de seguros”, destacou.

A investigação do caso está a cargo da Delegacia de Estelionato. De acordo com o delegado Wallace de Brito, esta não foi a primeira ação da quadrilha. “São falsos corretores que estão agindo contra idosos. No momento em que a pessoa assina, também acaba fazendo empréstimo para estas pessoas, além do dinheiro dado pela suposta entrada, mas isso não existe”, descreveu.

Qualquer denúncia sobre a ação das golpistas pode ser dada anonimamente ao telefone: 3261-6600.