Uma advogada de aproximadamente 40 anos, acusada de tentar extorquir um empresário de Curitiba em R$ 50 milhões, foi convidada a prestar esclarecimentos pela Delegacia de Estelionatos e Desvio de Cargas, após gravações comprovarem essa tentativa. A advogada deveria ter comparecido na delegacia na tarde desta segunda-feira (11), mas não atendeu a intimação.

De acordo com o delegado Vinicius Borges Martins, a advogada e o cliente dela, ameaçaram esse empresário da área da construção civil, de entregar contas em paraísos fiscais caso o dinheiro não fosse depositado. “Gravações foram feitas por peritos e a situação está comprovada. Como em todo meio, no Direito também há maçãs podres”, comentou.

A delegacia fará a segunda intimação ainda hoje, para aí sim expedir um mandado de prisão.