Policiais da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) prenderam Adair Antonio Pedro, 30 anos, por volta das 18h da última quinta-feira (7), na Rua Laerte Fenelon, Jardim Ipê, São José dos Pinhais. Ele é acusado de ser um dos responsáveis pelo latrocínio do serralheiro Omeri Luiz Rodrigues, ocorrido do dia 8 de dezembro do ano passado, no Cajuru, em Curitiba.

Segundo o delegado titular da DFRV, Renato Bastos Figueiroa, Pedro foi quem encomendou o roubo do Sandero de Rodrigues para Joélcio Motta dos Santos e outros dois adolescentes. Ele pagaria R$ 2,5 mil para o trio. Pedro havia adquirido um Sandero batido em uma leilão e pretendia aproveitar as peças do carro roubado para arrumar o seu Sandero. “Quando prendemos o Santos, no último dia 20 de janeiro, as investigações se identificaram e no final da tarde desta quinta, chegamos até o Pedro”, contou o delegado.

Figueiroa explicou que anteriormente os policiais já haviam procurado por Pedro naquela casa, que é de propriedade dele mesmo. “Nesta quinta, nova investida foi feita, já que foi constatada uma movimentação suspeita no local, anteriormente abandonado. Desta vez tivemos êxito”, contou Figueiroa, lembrando que Pedro ainda tentou fugir quando viu que a casa estava cercada. “Ele fugiu pelos fundos, pulando vários muros. Acabou quebrando o pé, foi levado ao hospital para tratamento e posteriormente trazido para carceragem da DFRV”, contou.

O delegado lembrou da crueldade dos marginais no momento em que praticaram o crime. “Durante o crime, a vítima tentou reagir, se pendurou no carro, sendo arrastado e posteriormente baleado pelos marginais, que conseguiram fugir”, lembrou.

Figueiroa destacou que Pedro foi responsável inclusive por ceder a Kombi amarela utilizada pelos marginais durante o crime. “Com esta prisão, mais este crime bárbaro está elucidado, considerando que os demais envolvidos, os adolescentes, já foram identificados. Uma cópia do inquérito foi encaminhada para a Delegacia do Adolescente”, destacou o delegado.