Da Polícia Civil

Suspeitos foram presos nesta manhã na Grande Curitiba (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Nove pessoas, suspeitas de participar de uma organização criminosa voltada ao tráfico de drogas, foram presas no inicio da manhã desta terça-feira (20) pela Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc). Ao longo das investigações, que duraram cerca de oito meses, contando com essa ação, a Polícia Civil já realizou 20 prisões.

O objetivo da operação foi desmantelar uma quadrilha de tráfico de entorpecentes atuantes em Curitiba, no município de Colombo e Litoral do Estado do Paraná. Nessas regiões foram cumpridos 28 mandados de prisão e 23 de busca e apreensão domiciliar. Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Criminal de Colombo, Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

No percurso das buscas nas residências suspeitas, com um dos suspeitos a polícia apreendeu a quantia de R$ 100 mil em dinheiro e vários cheques. Foram apreendidos também dois quilos de cocaína, três quilos de crack, 11 quilos de maconha, 571 comprimidos de ecstasy, além de alguns pontos de LSD e anabolizantes. Os investigadores encontraram duas pistolas e um revólver, cinco carros em situação irregular, utilizados para o transporte das drogas.

Após uma sequência de investigações, a Denarc conseguiu chegar até os suspeitos e realizar as prisões. “Essa organização criminosa era especializada no tráfico de drogas e armas, responsável pela distribuição em Curitiba, Colombo, assim como litoral do Paraná”, relata o delegado operacional da Denarc, Rodrigo Souza.

Todos os suspeitos responderão pelos crimes de tráfico de drogas e organização criminosa. Eles aguardam à disposição da Justiça.