A Polícia Civil iniciou nesta quarta-feira (15) uma campanha para ajudar o superintendente Osmair José Pereira, baleado na última quinta-feira (9) durante a rebelião da Delegacia de Polícia de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. O policial, que baleado com um tiro de fuzil 5.56, está internado no Hospital do Trabalhador e necessita de qualquer tipo de sangue em caráter de urgência, já que continua em estado grave.

Além desta vítima, outros dois policiais também foram baleados durante a rebelião que se iniciou com a fuga de alguns detentos. A rebelião foi propiciada pela ajuda de um carcereiro que entregou armas, celular e drogas para os presos. O carcereiro foi preso.

Quem puder ajudar o policial deve se encaminhar ao banco de sangue do Hospital do Trabalhador.