Redação com Sesp

Desde o inicio da manhã desta quinta-feira(08) cerca de 70 policiais civis estão nas ruas cumprindo 40 mandados judiciais, sendo de prisão e busca e apreensão em ação contra uma quadrilha envolvida em comércio ilegal de ouro. A operação policial batizada com “Comendador” foi deflagrada pelo Nurce (Núcleo de Repressão aos Crimes Econômicos). O nome foi escolhido porque remete ao personagem de Alexandre Nero na novela Império, da rede Globo, que comercializava ouro e enriqueceu.

Os mandados estão sendo cumpridos em duas cidades do Paraná: Curitiba e Paranaguá, no litoral do Paraná. Os alvos desta operação são investigados há quatro, meses pelos crimes de associação criminosa, receptação, sonegação fiscal e lavagem de dinheiro. Até às 9h30, sete pessoas haviam sido presas.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp), a quadrilha comprava joias sem procedência e derretia o ouro para que os objetos não fossem localizados. O ouro derretido era revendido para estabelecimentos.

Participam da operação policiais do Nurce, Cope (Centro de operações policias especiais), da Divisão de Homicídios e do Nuciber (Núcleo de Crimes Cibernéticos).

A polícia dará uma entrevista coletiva nesta quinta-feira no período da tarde, após o cumprimento dos 40 mandados judiciais.

Mais informações em breve.