O Núcleo de Ponta Grossa da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) fez a maior apreensão de maconha na cidade este ano. No domingo de Páscoa (31) foram apreendidos duzentos quilos da droga, além de dois veículos, quatro telefones celulares e R$ 1,3 mil em dinheiro. Na operação três pessoas foram presas, entre elas Márcio Tiago Patek, o “Cará”, de 23 anos, conhecido traficante na região. Os outros presos são Valdemir Gomes das Dores Júnior, o “Gordinho”, de 21 anos, e Marcos Antônio Dorosxi, de 32 anos.

Segundo o delegado titular do Núcleo da Denarc em Ponta Grossa, Eduardo Machado de Oliveira, os investigadores tinham a informação de que Cará havia se deslocado para Foz do Iguaçu, na quinta-feira (28), a fim de adquirir grande quantidade de entorpecentes. “Após intenso trabalho de investigação, os policiais descobriram que ele estava utilizando um Gol, placas HNU-7557, para realizar as negociações referentes ao tráfico de drogas naquela cidade”, contou o delegado.

No sábado (30), por volta das 20h, Cará retornou de Foz do Iguaçu em direção a Ponta Grossa, escoltando um Tempra, dirigido por Valdemir Junior, que trazia no porta-malas e no banco traseiro do veículo cerca de 200 tabletes de maconha. “O carro que transportava a droga quebrou e os traficantes foram obrigados a abandonar o veículo em uma área afastada, em Medianeira”, explicou Machado de Oliveira.

Uma equipe da Denarc que acompanhava toda a movimentação da quadrilha localizou o carro com a droga e apreendeu o veículo. No seu interior foram encontrados 200 quilos de maconha. “Outras equipes da Denarc realizaram acompanhamento tático do veículo utilizado por ‘Cará’ e conseguiram abordá-lo no momento em que chegava a Ponta Grossa.

Quem tiver informações sobre o tráfico de drogas na região dos Campos Gerais pode ligar para o Núcleo Ponta Grossa da Denarc (42) 3229-4485.