Da Redação

pmdentro

PMS cercam entrada da Alep (Foto: Banda B)

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) está cercada por policiais militares que garantem que ninguém entre durante a votação do ‘pacotaço’ do governador Beto Richa (PSDB), que vai acontecer durante a sessão na tarde desta terça-feira (10). Apesar de mudanças na proposta inicial, os servidores públicos continuam se mostrando contrário a aprovação, que deve acontecer, uma vez que os deputados da situação são a maioria na Alep.

São dezenas de policiais militares (PMs) no lado de fora da Alep e também dentro da Casa. Apenas uma das galerias está ocupada por manifestantes, que gritam palavras de ordens contra os deputados estaduais. Quem conseguiu entrar se cadastrou a tempo para participar da votação. A reportagem da Banda B está no local e acompanha a votação.

Ao notarem a presença dos policiais, quem estava do lado de fora da Alep vaiou e proferiu palavras de ordem. A votação acontece na tarde de hoje e uma decisão final deverá ser tomada.

Notícias Relacionadas:

Professores vêm do interior e cresce pressão em frente à Assembleia; votação é hoje