Um acidente envolvendo uma viatura da Polícia Militar e uma motocicleta deixou uma professora gravemente ferida e revoltou os moradores de Colombo, na região metropolitana de Curitiba, no começo da tarde desta quinta-feira (14). De acordo com testemunhas, a perseguição da viatura à motocicleta teria começado após duas pessoas assaltarem um mercado da rua Heitor Busato e pelas características, acreditava-se que poderia ser esse casal os autores do crime.

Segundo os policiais militares do 22° Batalhão que estavam no local, o casal estava sem capacete e se recusou a parar na abordagem, levando eles a provocarem o acidente. Os moradores da região demonstraram muita revolta com a ação policial, já que um dos ocupantes da moto se tratava de uma professora, que ficou gravemente ferida e teve de ser encaminhada em estado gravíssimo ao Hospital Angelina Caron.

Nilza Carvalho Padilha, 43 anos, bateu a cabeça com a queda e teve traumatismo craniano. O outro ocupante do veículo, Ivo Padilha, 41 anos, foi encaminhado ao Hospital Cajuru com escoriações leves.

Resposta

A Banda B entrou com a assessoria da PM, que informou que esta viatura fazia uma patrulha de rotina, quando um veículo deu a passagem a PM por se tratar de um veículo prioritário. Nisso, a motocicleta com o casal ultrapassou os dois e ocasionou a colisão. Segundo a PM, a motocicleta não tinha condições nem de receber outro passageiro, motivo este que levou a apreensão do veículo. Os policiais prestaram o socorro e encaminharam a vítima, que estava sem capacete, ao hospital.

A PM alertou ainda que todo e qualquer cidadão pode ser abordado por policiais militares e ele deve parar o veículo independentemente de se tratar do bandido ou não.