O governador Beto Richa disse nesta terça-feira (05/02) que vai autorizar nos próximos dias o início dos estudos para a elaboração do plano aeroviário do Paraná. O trabalho vai determinar que tipo de investimentos os terminais regionais deverão receber, tanto por parte do Estado quanto do governo federal.

“A melhoria da infraestrutura, incluindo os aeroportos, é um dos fatores essenciais para a atração de novos investimentos”, disse Richa ao inaugurar oficialmente as obras de ampliação do aeroporto de Cascavel. A pista foi estendida de 1.618 metros para 1.780 metros. A largura passou de 30 metros para 45 metros, permitindo a operação de aviões de maior porte.

Na reforma do terminal foram investidos R$ 8 milhões, metade dos recursos repassados pelo Governo do Estado, que já aplicou R$ 22 milhões na modernização de vários aeroportos nos últimos dois anos. “Estamos investindo em quase todos os aeroportos do Estado para que o Paraná se torne mais competitivo”, afirmou o governador.

O governador também fez um balanço das ações para a melhoria da infraestrutura do Estado, ressaltando a modernização do Porto de Paranaguá, que já ampliou a capacidade de operação, o programa de recuperação de estradas estaduais, no valor de R$ 840 milhões, e a retomada de projetos ferroviários, como o ramal Maracaju (MS)-Cascavel e a nova ligação entre Guarapuava e Paranaguá.

CASCAVEL – Com a ampliação da estrutura do aeroporto, realizada pela Companhia de Engenharia de Transporte e Tráfego do município, Cascavel agora poderá receber aviões de maior porte, como o Boeing 737 e o Airbus A320.

Além do repasse de material e equipamentos para aumentar a pista, o governo estadual também ajudou no apoio técnico e na sinalização do aeroporto. O aeroporto vai ganhar outras melhorias, como um novo sistema de orientação para o piloto, que auxilia a encontrar o ponto certo da aterrissagem.