Da Redação

PALMITO

Foto: Divulgação PF

Após denúncia anônima, policiais federais encontraram uma fábrica clandestina de palmitos em conserva na área rural de Capanema, no sudoeste do Paraná, no fim da tarde de sexta-feira (5). Os policiais encontraram 250 palmitos in natura e váriosinstrumentos usados na extração ilegal feita no Parque Nacional do Iguaçu (PNI). Na operação, dois homens foram presos.

A dupla responderá por crime ambiental e por falsificação e adulteração de produto alimentício. As penas podem chegar a 13 anos de prisão.

O palmito e os materiais apreendidos foram levadso para o escritório do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), responsável pela administração do PNI, em Capanema, e os dois suspeitos encaminhados para a delegacia da Polícia Civil em Cascavel.