Uma pesquisa elaborada em conjunto pela Associação Comercial do Paraná (ACP), Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) e Federação do Comércio (Fecomércio), junto a 500 empresas associadas às entidades, apontou que 22% delas já estão fazendo investimentos com vistas à Copa do Mundo 2014 e que 23% têm intenção de investir. As demais estão em processo de tomada de decisão. Outro dado de destaque evidenciado pela pesquisa é que 65% das empresas têm intenção de contratar mais funcionários em função da Copa.

O resultado da pesquisa foi tabulado no começo desta semana e apresentado nesta terça-feira (19), na ACP, durante reunião dos 30 membros da Câmara Temática de Comércio e Tecnologia, da Secretaria Estadual para Assuntos da Copa 2014. O encontro debateu vários assuntos relacionados ao mundial, em especial atividades comerciais e de tecnologia.

Para o secretário estadual de Assuntos da Copa, Mário Celso Cunha, o resultado da pesquisa da ACP, Fiep e Fecomércio é muito significativo. “É importante ressaltar que todo investimento feito com vistas ao mundial de futebol ficará como legado para a sociedade paranaense”, afirmou ele. A pesquisa atendeu sugestão feita pelo vice-presidente da Fiep, Hélio Bampi. “Sentimos necessidade de avaliar a intenção dos empresários com relação a investimentos voltados para a Copa do Mundo para, desta forma, conseguirmos alcançar bons resultados”, disse Bampi.

O gerente de fomento e desenvolvimento da Fiep, Marcelo Percicotti, lembra que as entidades vêm realizando trabalhos sobre as oportunidades de investimentos propiciadas pela Copa de 2014, Além disso existem recursos públicos para financiar as empresas que pretendem investir. “Essas dois fatores, informação e crédito, podem ajudar as empresas que ainda estão em fase de tomada de decisão”, afirmou ele, ao apresentar os resultados da pesquisa no encontro na ACP.

O levantamento mostrou que 53% das empresas que responderam a pesquisa estão investindo em comércio e serviços, 37% na indústria e 8% em outros setores. Segundo a pesquisa, 63% estão concentrando os investimentos em Curitiba e Região Metropolitana; 27% no interior do Paraná e 10% em outras regiões do Brasil. A maioria (45%) concentra os investimentos em máquinas e equipamentos; 26% em comércio e serviços; 22% em capacitação e 7% em pesquisas e desenvolvimento.

PREPARATIVOS – Durante o período da Copa são esperados cerca de 160 mil turistas estrangeiros e 600 mil brasileiros em Curitiba. Na reunião na Associação Comercial do Paraná, a promotora de Justiça do Ministério Público do Paraná, Cristina Corso Ruaro, sugeriu que os estabelecimentos comerciais realizem ações preventivas que garantam conforto e segurança ao público, principalmente os que possuem grande área física, o que evita tragédias como a ocorrida em Santa Maria.

“Precisamos conscientizar os comerciantes a avaliar cada local, além de atuar no controle de capacidade de público, saídas de emergência e regularização de alvarás, principalmente em estabelecimentos de diversão”, disse a promotora.

“Um fator preocupante em nossa cidade é o que envolve os banheiros públicos. Já encaminhamos um projeto ao Ippuc e estamos aguardando retorno de nossa solicitação”, afirmou Jean Michel Galiano, vice-presidente da ACP. “Precisamos de banheiros públicos, principalmente em locais como o centro da cidade, entorno do estádio, fan fest e outros pontos estratégicos”, disse Galiano.

O secretário Mario Celso Cunha revelou que pretende criar algumas Câmaras Temáticas em cidades do interior, atendendo solicitação dos representantes da Unioeste de Cascavel, presentes no encontro. “Vamos estudar uma maneira de credenciar algumas pessoas para atuar em regiões do Paraná, talvez utilizando os sistemas já existentes nas universidades estaduais”, disse o secretário.

A reunião foi conduzida pelo presidente do Lactec e da Câmara Temática de Comercial e Tecnologia, Omar Sabbag Filho. “O legado deste nosso trabalho ficará evidenciado através do acompanhamento que vem sendo registrado pelo banco de dados criado e coordenado em parceria da Celepar com a Secopa estadual”, disse ele.

Os integrantes da Câmara Temática de Comércio e Tecnologia foram recebidos pelo vice-presidente da ACP, Antonio Miguel Espolador Neto. A reunião teve a participação do vice-presidente da Fiep, Hélio Bampi, e de representantes da Fecomércio, Ministério Público, Lactec, SEIM, Instituto Curitiba de Informática (ICI), Secretaria Estadual de Tecnologia e Ensino Superior, Polícia Militar, Secretaria Estadual do Meio Ambiente, Unioeste, Tecpar e Operadora Oi.