Com o objetivo de recuperar e modernizar as estradas rurais paranaenses – melhorando o escoamento da produção e a mobilidade – o Governo do Estado está repassando 30 Patrulhas do Campo para consórcios municipais em todas as regiões do Paraná.

Nesta semana os equipamentos começaram a ser utilizados pelo Consórcio Intermunicipal Portal do Pinhão, que reúne os municípios de Bom Sucesso do Sul, Clevelândia, Mariópolis, Palmas, Pato Branco e Vitorino, na região Sudoeste do Estado. Até 2014, serão entregues 60 patrulhas.

“Estamos dando apoio integral à agricultura do Paraná. Está no nosso plano de governo a melhoria das estradas rurais, facilitando, assim, a vida no campo”, afirmou o governador Beto Richa.

O Paraná possui 110 mil quilômetros de estradas rurais por onde passam cerca de 30 milhões de toneladas de grãos por ano, além de um grande volume de outros produtos do meio rural, como frangos, suínos, bovinos, leite, madeira e hortaliças.

A melhoria das estradas rurais também é importante para garantir a trafegabilidade, fundamental para o bom funcionamento do transporte escolar, o acesso aos serviços de saúde, lazer e para o desenvolvimento econômico e social dos municípios. “As obras de adequação e melhoria dessas vias têm sido a maior demanda por parte dos municípios ao Governo do Estado”, ressaltou Richa.

O governo estadual realiza este programa voltado a consórcios municipais com o objetivo de que as cidades criem uma visão regional de desenvolvimento. Em média, cada consórcio envolve mais de sete municípios.

Até a segunda quinzena de abril outros dois consórcios devem receber Patrulhas do Campo: Procaxias (Boa Esperança do Iguaçu, Boa Vista da Aparecida, Capitão Leônidas Marques, Cruzeiro do Iguaçu, Nova Prata do Iguaçu, Quedas do Iguaçu, Salto do Lontra, São Jorge do Oeste e Três Barras do Paraná) e Piquiriguaçu (Campo Bonito, Catanduvas, Diamante do Sul, Guaraniaçu e Ibema).

ATUAÇÃO – O primeiro município do Consórcio Intermunicipal Portal do Pinhão beneficiado com a Patrulha do Campo será Bom Sucesso do Sul, com o cascalhamento e adequação de aproximadamente 16 quilômetros de estradas, de acordo com a Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (Codapar), responsável pela execução do programa.

“O apoio do Governo do Estado será fundamental para os trabalhos de melhoria das estradas rurais, facilitando o escoamento da produção agrícola e por melhorar as condições para a permanência das famílias no meio rural”, ressaltou o presidente do consórcio e prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi.

“Estamos muito felizes com a atenção dada pelo Estado, ainda mais em um período de baixo orçamento, início de gestão e estragos causados pelas chuvas”, completou o prefeito de bom Sucesso do Sul, Celso Pilonetto.

SUPORTE – Além dos equipamentos, o Estado – por meio da Codapar – dá suporte e apoio técnico aos municípios. “Dentro de uma visão integrada aos programas existentes de conservação de solo, áreas no entorno das estradas, damos um acompanhamento técnico para a execução dos trabalhos”, explicou Tino Staniszewski, presidente da Codapar. O órgão também fornece o projeto técnico de execução e/ou recuperação de cada estrada, que deve ser seguido pelos consórcios.

PATRULHAS – Cada patrulha é composta por uma escavadeira, um trator de esteira, uma pá-carregadeira, uma motoniveladora, um rolo-compactador, um caminhão-comboio, uma caminhonete e cinco caminhões basculantes. A cada três patrulhas, a Codapar também disponibilizará uma carreta para o transporte dos equipamentos. Todo o maquinário está avaliado em mais de R$ 4,5 milhões.

Segundo a Codapar, as primeiras 30 patrulhas rurais estão sendo destinadas às regiões Oeste e Sudoeste (9), Norte Pioneiro e Noroeste (9) e Sul e Campos Gerais (12), esta última envolvendo também o Vale do Ribeira.