Por Luiz Henrique de Oliveira

FRENTISTAS

(Foto: Reprodução internet)

A classe patronal entregou uma proposta na manhã desta terça-feira e uma assembleia durante a noite de hoje irá definir se os frentistas irão parar as atividades em todo o Paraná a partir das 0h desta quarta-feira (10). Em entrevista à Banda B, o presidente do Sindicato dos Frentistas de Curitiba, Região Metropolitana e Litoral (Sinpospetro), Laírson Senna, afirmou que o indicativo de paralisação continua e que agora depende dos trabalhadores.

“A proposta é superior a anterior que era de 7,16% de reajuste no salário. Agora vai ficar a definição para os trabalhadores nas assembleias simultâneas que acontecem durante a noite desta terça-feira em Curitiba e outras cidades do Paraná. Não tenho como afirmar se o trabalhador vai aceitar, mas houve um avanço considerável ”, disse Senna.

Segundo Senna, a assembleia acontece às 20h e, caso os trabalhadores optem pela greve, o sindicato está mobilizado para que nenhum posto de combustíveis funcione amanhã.