Por Elizangela Jubanski e Juliano Cunha

Um cobrador de ônibus do Terminal do Pinheirinho, em Curitiba, e uma passageira tiveram uma grave discussão na noite desta quinta-feira (5). Os dois foram parar na delegacia depois de trocar ameaças e a passageira tentar agredí-lo.

Testemunhas afirmaram que a confusão começou quando a passageira passou o cartão transporte no identificador para liberar a catraca. De acordo com o cobrador, Willian Ferreira Soares, de 24 anos, a passageira estava com um cartão isento, mas se recusou em mostrar a foto que identifica o usuário.  “Ela chegou com um cartão de isento para passar na catraca, daí eu pedi pra mostrar a foto pra mim, mas ela ficou alterada e começou a me ofender verbalmente. Ela disse que eu era idiota e não prestava atenção no meu trabalho. Eu achei estranho porque o cartão de isento é para pessoas com deficiência ou para pessoas idosas. Eu olhei para ela e vi que não tinha nenhuma dessas características”, explicou o cobrador.

Ainda, de acordo com o cobrador, o marido da passageira ameaçou matá-lo. “Ela que estava errada e ele fez tudo isso. O marido dela me ameaçou. A gente passa horrores também, a gente sofre pressão, ninguém fica do nosso lado, sempre sobra pra gente”, finalizou.

Os dois tiveram um bate-boca e outros passageiros viram o momento em que eles tentaram se agredir. A passageira não quis gravar entrevista. Depois de assinar um Termo Circunstanciado os dois foram liberados.