O vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns, recebeu, nesta quinta-feira (25), no Palácio Iguaçu, o primeiro-ministro e chefe de governo da República da Macedônia, Nikola Gruevski. A comitiva macedônica está no Paraná para estreitar relações e aproximar investidores nas áreas de indústria e comércio.

A colaboração bilateral entre o Brasil e o país do leste europeu foi destacada pelo vice-governador. “Essa proximidade vai trazer muitos benefícios para o nosso Estado. A partir desse momento, aprofundaremos nossas relações principalmente nas áreas de indústria, comércio e educação”, disse Arns.

Em visita pela primeira vez ao Brasil, o primeiro-ministro Nikola Gruevski apresentou a política de atração de investimentos do país. “Nosso país possui um ambiente de negócios favorável e temos atraído grandes corporações. Somos competitivos e temos investido na qualificação de mão de obra”, explicou Gruevski.

Durante a passagem por Curitiba, a comitiva se encontrará com empresários paranaenses em um fórum empresarial promovido pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep). O encontro tem como objetivo promover a aproximação entre os setores produtivos paranaense e da Macedônia.

ACORDOS – Em Brasília, o governo macedônico assinou acordo de cooperação educacional com o Brasil, que tem por objetivo o fortalecimento do intercâmbio entre os dois países nos diferentes níveis e modalidades de ensino. O documento também prevê o aperfeiçoamento de docentes e pesquisadores, bem como a troca de experiências na área da educação. Também foi tratada com o governo federal a abertura de Embaixada no Brasil, que será a primeira da Macedônia na América do Sul. A República da Macedônia se tornou independente da antiga Iugoslávia socialista em 1991.