O Governo do Paraná quer ampliar relações comerciais com a Áustria, sobretudo nas áreas de energias alternativas e construção civil. Nesta segunda-feira (28) a embaixadora da Áustria no Brasil, Marianne Feldmann, e o cônsul-geral, Walter Jiraschek, estiveram reunidos com diretor-geral da Secretaria da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ercílio Santinoni, e técnicos do Governo.

A embaixadora explicou que empresas austríacas estão interessadas em estabelecer negócios e buscam parceiros nacionais de olho no mercado consumidor brasileiro. Ela citou que há indústrias de energias alternativas, construção civil, tecnologia, biogás, transporte público, entre outras.

“A Áustria possui tecnologia de ponta em várias áreas, e no Brasil há um grande mercado consumidor”, afirmou Marianne Feldmann. Hoje cerca de 900 empresas da Áustria possuem negócios no Brasil e perto de 200 possuem produção aqui.

O coordenador da área de atração de indústrias da Secretaria, Mauro Corbellini, detalhou algumas oportunidades de negócios no Estado e detalhou o programa Paraná Competitivo.

“Temos um Governo interessado em fomentar novas parcerias. É um Estado com mão de obra qualificada e uma localização estratégica para abastecer os principais mercados do Brasil e atender a demanda dos países do Mercosul”, frisou. Também participou da reunião a coordenadora de Assuntos Internacionais da Secretaria, Adriana Cordeiro.