O governador Beto Richa autorizou a criação da Coordenação das Delegacias da Mulher na estrutura organizacional da Polícia Civil do Paraná. A Codem irá melhorar o atendimento aos cidadãos e as condições de trabalho dos profissionais, além da padronizar os procedimentos técnicos e operacionais no Estado.

De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil no Paraná, Marcus Vinícius da Costa Michelotto, a Codem é um grande avanço na área de proteção à mulher. “Haverá uma coordenação única, que irá estabelecer padrões de ações, treinamentos e qualificação de todos que atuam nesta área, no Estado”, afirmou.

Agora, a Polícia Civil designará um delegado que será responsável por coordenar o grupo. Atualmente, o Estado conta com 16 delegacias especializadas para atender a mulher vítima de crimes.

Segundo a delegada titular da Delegacia da Mulher de Curitiba, Maritza Haisi, a Codem fará a ponte entre as unidades da Delegacia da Mulher, o Departamento da Polícia Civil e a Secretaria da Segurança Pública. “A Coordenação ficará responsável por determinar critérios para a instalação de novas delegacias especializadas no atendimento a mulheres no Estado”, afirma a delegada.

A Codem também irá fortalecer e estreitar as relações com o Poder Judiciário e com o Ministério Público, para uma atuação conjunta que possa coibir e agir na punição deste tipo de crime.