Da Agência Brasil

Os dois veículos oficiais para o transporte do papa Francisco chegaram na Base Aérea do Galeão no começo da tarde de hoje (15). Os veículos serão usados pelo papa na Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que ocorre na semana que vem.

O tradicional papamóvel branco e o jipe verde foram trazidos por um avião Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira (FAB). O avião saiu de Roma na sexta-feira (12), com paradas nas Ilhas Canárias e em Fortaleza, totalizando 20 horas de voo.

Os dois veículos ficarão no 3º Comando Aéreo Regional, no centro, até a chegada do papa, no dia 22. O pontífice virá em um avião da empresa Alitalia. O papamóvel deve ser usado 12 vezes, principalmente em trajetos por Copacabana, na zona sul, e em Guaratiba, na zona oeste.

Começaram a ser distribuídos hoje os kits peregrinos para os inscritos na jornada, que podem ser retirados em Santa Cruz e no Sambódromo, de acordo com o voucher enviado para o e-mail para cada grupo. A retirada deve ser feita pelo responsável pelo grupo até domingo (21). É necessário apresentar o comprovante de pagamento. Para quem optou pelo pacote vigília, a retirada do kit será no dia 27, até as 14h, na Igreja Nossa Senhora da Conceição, em Santa Cruz.

O kit completo contém mochila, squeeze, boné e a camisa oficiais, credencial do peregrino, crucifixo exclusivo, manual do peregrino, guias de programação cultural e religiosa e livros, além do cartão de alimentação e de transporte, conforme o pacote adquirido. Quem não se inscreveu, pode comprar o kit básico, com os produtos oficiais, por R$ 79,90.

De acordo com a organização da JMJ, até o momento, há 320 mil inscritos. A expectativa é que 1,5 milhão de peregrinos participem dos eventos. A primeira edição, em 1986, reuniu 300 mil jovens na Praça São Pedro, em Roma. O maior público foi em 1995, em Manila, nas Filipinas, com a participação de 5 milhões de jovens.

Os dois veículos oficiais para o transporte do papa Francisco chegaram na Base Aérea do Galeão no começo da tarde de hoje (15). Os veículos serão usados pelo papa na Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que ocorre na semana que vem.

O tradicional papamóvel branco e o jipe verde foram trazidos por um avião Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira (FAB). O avião saiu de Roma na sexta-feira (12), com paradas nas Ilhas Canárias e em Fortaleza, totalizando 20 horas de voo.

Os dois veículos ficarão no 3º Comando Aéreo Regional, no centro, até a chegada do papa, no dia 22. O pontífice virá em um avião da empresa Alitalia. O papamóvel deve ser usado 12 vezes, principalmente em trajetos por Copacabana, na zona sul, e em Guaratiba, na zona oeste.

Começaram a ser distribuídos hoje os kits peregrinos para os inscritos na jornada, que podem ser retirados em Santa Cruz e no Sambódromo, de acordo com o voucher enviado para o e-mail para cada grupo. A retirada deve ser feita pelo responsável pelo grupo até domingo (21). É necessário apresentar o comprovante de pagamento. Para quem optou pelo pacote vigília, a retirada do kit será no dia 27, até as 14h, na Igreja Nossa Senhora da Conceição, em Santa Cruz.

O kit completo contém mochila, squeeze, boné e a camisa oficiais, credencial do peregrino, crucifixo exclusivo, manual do peregrino, guias de programação cultural e religiosa e livros, além do cartão de alimentação e de transporte, conforme o pacote adquirido. Quem não se inscreveu, pode comprar o kit básico, com os produtos oficiais, por R$ 79,90.

De acordo com a organização da JMJ, até o momento, há 320 mil inscritos. A expectativa é que 1,5 milhão de peregrinos participem dos eventos. A primeira edição, em 1986, reuniu 300 mil jovens na Praça São Pedro, em Roma. O maior público foi em 1995, em Manila, nas Filipinas, com a participação de 5 milhões de jovens.