As primeiras palavras proferidas pelo papa Francisco, logo após o anúncio de sua escolha, hoje (13), como sucessor de Bento XVI, indicam que ele que pretende ser próximo do povo e buscar a unidade da Igreja Católica Apostólica Romana por meio do diálogo e do amor. Em breves palavras para os que o aguardavam, na Praça São Pedro, o papa pediu que rezem por ele, pois é um sacerdote. Em seguida, rezou um Pai Nosso e uma Ave Maria com os fiéis reunidos na praça.

“O caminho da Igreja da Roma é o caminho de fraternidade e do amor”, disse o papa eleito. “É necessário vivermos como uma grande irmandade. E que esse caminho que começamos seja usado para a evangelização. Agradeço a todos”, disse.

Em seguida, o papa Francesco acrescentou que: “Quero que vocês vejam a figura do papa como um de vocês. Peço que todos rezem por mim, pois sou um sacerdote. Boa noite e bom repouso”. No Vaticano, os religiosos lembram que São Francisco, cujo nome foi adotado pelo cardeal argentino, foi o santo que se determinou a reconstruir a Igreja.

O papa Francisco assume a Igreja no momento em que ela é alvo de denúncias de abusos sexuais e desvios de recursos. Também enfrenta pressão por reformas internas.

Simpático e sorridente, o cardeal Jorge Mario Bergoglio, de 76 anos, sucede o papa Bento XVI, que renunciou ao pontificado no dia 28 de fevereiro. Ainda não foi confirmada a data da cerimônia de coroação do papa Francisco, mas espera-se que seja na próxima terça-feira (19).